Cedesa Digital premiada na Extremadura e promovida para obter o reconhecimento nacional da melhor empresa em Inovação e Digitalização.

Sentimos os êxitos dos nossos amigos como nossos, ainda mais quando trabalhamos tão estreitamente como com Señorío de Montanera, um dos melhores clientes que temos, e que tem sido capaz, como nenhum outro, de equipar a sua empresa com as últimas tecnologias em rastreabilidade e indústria 4.0.

Assim, participamos juntos na cerimônia de premiação organizada anualmente pelo Banco Santander e pela Câmara de Comércio de Badajoz, em colaboração com a Câmara de Comércio de Espanha e o jornal HOY, onde Señorío de Montanera foi escolhido como PME do ano de 2019. y ACedesa Digital foi premiada com o segundo prémio em Inovação e Digitalização, um reconhecimento que nos excita e nos encoraja a continuar a trabalhar na mesma linha que temos vindo a fazer até agora.

Esta terceira edição dos prémios, realizada no dia 20 de Novembro na sede da Nave Cu4tro Corporation, contou, entre outros, com a presença de Francisco Javier Fragoso, Presidente da Câmara de Badajoz, Justiniano Cortés, Director Territorial do Banco Santander na Extremadura e Mariano García Sardiña, Presidente da Câmara de Comércio de Badajoz, num evento muito enriquecedor, onde foi dada ênfase”.o valor das pequenas e médias empresas na nossa economia e a sua capacidade de gerar emprego e de se adaptar às mudanças exigidas pelo mercado“.

Foi nossa CEO, Suso Merino, junto com nossa Gerente de Projetos, Marina Castaño, quem subiu para receber o prêmio, transmitindo em seu discurso o mérito a todos os funcionários da Cedesa Digital, que trabalham duro e com entusiasmo para imprimir aquele caráter único que a empresa tem.

Como se o reconhecimento em si não fosse suficiente, os vencedores dos vice-campeonatos disputarão as finais nacionais, cada um na sua própria categoria, em um grande evento a ser realizado em Madri durante os primeiros meses de 2020. Não estamos cruzando os dedos, porque isso nos impediria de continuar trabalhando, mas estaremos lá, com o mesmo ímpeto e o mesmo desejo que nos levou até onde estamos.

Ver Notícias
Voltar